segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Estado do Coração

COMO ESTÁ SEU CORAÇÃO?

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Um convite especial

facebook
Olá Moradanovaempaz.edit,
Ilton Marcos Soares Freitas está convidando você para participar do Facebook. Uma vez que estiver participando, você poderá ver atualizações, fotos e muito mais de todos seus amigos... e compartilhar suas próprias!
Ilton Marcos Soares Freitas
521 amigos · 5 fotos · 53 mensagens do mural · 7 grupos
Participe do Facebook
moradanovaempaz.edit@blogger.com foi convidado a participar do Facebook por Ilton Marcos Soares Freitas. Se você não deseja mais receber estes emails do Facebook ou não quer ter este email usado para receber sugestões de amigos, você pode cancelar inscrição. Saiba mais sobre esse e-mail. Facebook, Inc. P.O. Box 10005, Palo Alto, CA 94303

quarta-feira, 13 de julho de 2011

SERVIR É UM GRANDE PRIVILÉGIO

Então, Jesus, chamando-os, disse: Sabeis que os governadores dos povos os dominam e que os maiorais exercem autoridade sobre eles. Não é assim entre vós; pelo contrário, quem quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva; e quem quiser ser o primeiro entre vós será vosso servo; tal como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos”(Mt. 20.25).

INTRODUÇÃO:
Amados irmãos, todos temos visto como o mundo clama por pessoas que demonstram amor! Mas para isto é necessário voltar a conceitos antigos, tão antigos que são mais remotos que a própria criação, pois o ato de servir nasceu antes mesmo da criação do mundo, isto é, quando Jesus decidiu vir “não para ser servido, mas para dar a sua vida em resgate por muitos”. Toda existência tem só tem sentido porque Ele veio e todo bem que há, só é real por causa deste ato maravilhoso do nosso Senhor Jesus. Portanto, vamos aprender porque servir é um grande privilégio:

segunda-feira, 4 de julho de 2011

PARA TUDO HÁ UMA OCASIÃO CERTA

"Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu. " Eclesiastes 3.1


O ser humano moderno se acostumou a desrespeitar os ciclos naturais da vida e a usar a inteligência dada por Deus para recriar uma atmosfera artificial que promova um crescimento acelerado para tudo.
Com isso, muitos cristãos não aceitam mais viver os ciclos de plantação, germinação, crescimento, fortalecimento e reprodução planejados pelo nosso criador em suas vidas. 

quinta-feira, 30 de junho de 2011

QUANDO PERDI MEU CORPO


Se você gosta de filmes como eu, especialmente de ficção, há de convir que alguns deles chacoalham muito nossa mente. É o caso, por exemplo, de Matrix, que 1999 não apenas deu início aos filmes inspirados em games, mas que possuía forte conteúdo filosófico. Recentemente provamos, Avatar e atualmente, A Orígem(inception em inglês), que aliás, é um excelente filme.
Nestes filmes o possuir o(um) corpo seja ele virtual, alienígena ou fruto de uma projeção subconsciente é um dos grandes trunfos para a viabilização do enredo. Sem essa “experiência” o filme seria mais uma narração nada extraordinária.
Todavia as “experiências” propostas nestes filmes entre a mente e o corpo jamais chegarão aos pés daquela que pode ser vivida diariamente(na vida real) e que qualquer ser humano pode dar início à mesma, a qualquer momento de sua vida. Foi o que aconteceu comigo, tem acontecido com inúmeras pessoas ao redor do mundo e, pode acontecer com você.
Tudo começa com uma INCEPÇÃO e uma CONEXÇÃO. É isso mesmo. É necessário uma INCEPÇÃO da Vida de Cristo em nossa vida(este fenômeno a Bíblia denomina Regeneração – Ef. 2.1 e Jo.3.3). Há também uma CONEXÇÃO de paz com Deus por meio de Jesus Cristo(a isto a Bíblia chama de Justificação – Rm. 5.1). A partir destes dois acontecimentos, seu corpo não será mais seu.
Não sabeis que os vossos corpos são membros de Cristo? E eu, porventura, tomaria os membros de Cristo e os faria membros de meretriz? Absolutamente, não”.(1 Coríntios 6:15).
Meu corpo não me pertence mais, é propriedade de Cristo. E não somente isto, mas Ele exige que eu o entregue libidinosa(prazerosa) e exclusivamente à minha esposa:
O marido conceda à esposa o que lhe é devido, e também, semelhantemente, a esposa, ao seu marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim o marido; e também, semelhantemente, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, e sim a mulher”. 1 Coríntios 7:3 
Já imaginou como isso é extravagantemente extraordinário?
Vivo com um corpo que não é meu; o dono dele é alguém Santo e Amoroso, excentricamente diferente de todo mundo; Ele exige que eu cuide bem deste corpo e; por fim, o entrega para o deleite de uma única mulher(que diga-se de passagem, tem uma cabeça bem diferente da de um homem). Em linhas gerais, esqueci de alguma coisa?
Então, para quem acha que a vida com Cristo é monotonia devo informar que fora enganado.
Pense nisto!

Ilton
Morada Nova de Minas-MG.

Alhambra

Alhambra
(Gladir Cabral e Gerson Borges)

Queria tocar os sinos
Da majestosa catedral
Pensei em compor os hinos
Pintar as faces do vitral

Mas tu me fizeste olhar o chão
E repintar os rodapés
Silenciar em meio à sombra do jardim

E foi assim que eu aprendi
A aguardar o tempo bom
A viração do vento sul
O recomeço da estação

segunda-feira, 20 de junho de 2011

AS BÊNÇÃO PROCEDENTES DE DEUS, O PAI

AUTOR: Rev. Luiz Martins Cardoso.
Texto: Ef. 1:4-6.
Introdução:
            Amados irmãos, a carta de Paulo aos efésios é a carta das manifestações da Trindade Santa. No primeiro capítulo Paulo já narra com muita clareza as manifestações do Deus Pai, do Deus Filho e do Deus Espírito Santo. Efésios exalta com muita clarividência a Trindade Santa.
            Paulo tinha como um dos seus objetivos trazerem orientações claras à Igreja de Éfeso sobre a obra do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Infelizmente, muitos cristãos até hoje não sabem discernir com sabedoria a obra do Pai, a obra do Filho e a obra do Espírito Santo.
            Amados irmãos, é importante entender a obra e as dispensações da Trindade Santa. O Pai teve a sua obra principal na criação e uma atuação profunda da criação até os evangelhos. O Filho teve a sua obra principal na salvação e uma atuação profunda dos evangelhos até a sua ascensão. O Espírito Santo teve a sua obra principal na aplicação da redenção e sua atuação profunda começou no pentecoste e continua até hoje.
            Paulo queria mostrar nos versos de 4 até o 14 com toda convicção algumas bênçãos do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
            Diante disso, hoje eu quero compartilhar com os amados irmãos sobre o seguinte tema: As bênçãos procedentes de Deus, o Pai.

ESPERANÇA PARA OS ESTRESSADOS




TEMA: VITÓRIA SOBRE O ESTRESSE
TEXTO: Sl. 68.19 e Fl. 4.4-9
INTRODUÇÃO:
Recebi semana passada um e-mail com o seguinte texto:
Em uma conferência, ao explicar para a plateia a forma de controlar o estresse, o palestrante levantou um copo com água e perguntou:
-"Qual o peso deste copo d'água? "
As respostas variaram de 250g a 700g.
O palestrante, então, disse:
- "O peso real não importa. Isso depende de por quanto tempo você segurar o copo levantado."
"Se o copo for mantido levantado durante um minuto, isso não é um problema. Se eu mantenho ele levantado por uma hora, eu vou acabar com dor no braço. Mas se eu ficar segurando um dia inteiro, provavelmente eu vou ter cãibras dolorosas e vocês terão de chamar uma ambulância."
E ele continuou:

quarta-feira, 8 de junho de 2011

EVIDÊNCIAS DE VÍCIO MENTAL

Uma das marcas de saúde mental de uma pessoa é a sua capacidade de variedade de temas, interesses, assuntos e uma abertura total para tudo que seja humano e vida. Portanto, a maior marca de saúde mental é a alegria de ser, amar, conhecer, e participar da vida, fazendo isso com amor e bom senso; e sem medo da dor, especialmente da dor do amor. 

Uma pessoa fixada num tema só, por mais que chame aquilo de “meu amor e minha paixão” ou, em certos casos, de “minha vocação”, ou de “minha obrigação”, se, todavia, se fixa naquilo como coisa única, e por tal fixação torna-se juiz de quem não tem o mesmo interesse ou não o tem na mesma intensidade ou, ainda, que manifeste outros interesses e prioridades, demonstra, por tal atitude de juízo fundado em sua própria fixação, que se fez vítima de um vício mental dos mais perigosos e também, por certo, dos mais capazes de reduzir a mente e a existência de uma pessoa a uma espécie de tara temático-existencial.

Quando uma pessoa se fixa num único tema na vida —seja pela via de um trauma, seja pela força de desejos reprimidos e transformados em “causa de vida”—, por tal fixação, evidencia o fato de que sua mente está viciada. 

A questão é que vícios mentais não são apenas coisas que permanecem na psique da pessoa. De fato, quando não se trata de um problema congênito ou hereditário na área mental, em geral o que acontece é que quando a alma se entrega um certo modo de sentir — seja em brigas domésticas, seja uma relação viciada na tragédia e no desamor, seja um poderoso condicionamento de natureza sexual, seja a fuga de intimidade, seja o ódio, seja a amargura, etc —, o que acontece é que a presença contínua desse “sentir”, demanda do cérebro certas liberações químicas que façam “compensação” frente aostress ou frente à hiperexcitação ou às oscilações ou a qualquer coisa que caracterize um modo de sentir intenso. E tais “descargas” químicas de compensação acabam por se tornarem programas cerebrais que passam a operar por conta própria; e, agora, invertendo a ordem, ou seja: já não necessariamente sendo a psique exigindo participação do cérebro, mas o contrário: o cérebro, agindo de modo condicionado, descarrega o que antes era um “socorro” para uma situação vivida como experiência emocional, a qual, agora, passa a ser demandada pelo cérebro, o qual exige aquele comportamento compatível com a liberação química em curso. 

Vícios mentais, portanto, são como uma cobra que se alimenta do próprio rabo! 

O problema é: onde está a mente sadia?

segunda-feira, 6 de junho de 2011

PAIRANDO SOBRE AS LETRAS: Quem é Jesus Cristo?


Quem é Jesus Cristo?
Amado irmão, quem é Jesus Cristo para você? Diferentemente da pergunta Deus existe?, bem poucas pessoas perguntam se Jesus Cristo existiu ou não. Geralmente se aceita que Jesus foi de fato um homem que andou na terra, em Israel, há quase 2000 anos atrás. O debate começa quando se analisa o assunto da completa identidade de Jesus. Quase todas as grandes religiões ensinam que Jesus foi um profeta, um bom mestre ou um homem piedoso. O problema é que a Bíblia nos diz que Jesus foi infinitamente mais do que um profeta, bom mestre ou homem piedoso, (Col. 1:13-23).
C.S. Lewis, em seu livro Mero Cristianismo, escreve o seguinte: Tento aqui impedir que alguém diga a grande tolice que sempre dizem sobre Ele [Jesus Cristo]: ‘Estou pronto a aceitar Jesus como um grande mestre em moral, mas não aceito sua afirmação em ser Deus.’ Isto é exatamente a única coisa que não devemos dizer. Um homem que foi simplesmente homem, dizendo o tipo de coisa que Jesus disse, não seria um grande mestre em moral. Poderia ser um lunático, no mesmo nível de um que afirma ser um ovo pochê, ou mais, poderia ser o próprio Demônio dos Infernos. Você decide. Ou este homem foi, e é, o Filho de Deus, ou é então um louco, ou coisa pior... Você pode achar que ele é tolo, pode cuspir nele ou matá-lo como um demônio; ou você pode cair a seus pés e chamá-lo Senhor e Deus. Mas não vamos vir com aquela bobagem de que ele foi um grande mestre aqui na terra. Ele não nos deixou esta opção em aberto. Ele não teve esta intenção.”
Então, quem Jesus afirmou ser? Segundo a Bíblia, quem foi Jesus Cristo? Primeiramente, vamos examinar as palavras de Jesus em João 10:30: “Eu e o Pai somos um.” Em um primeiro momento, pode não parecer uma afirmação em ser Deus. Entretanto, veja a reação dos judeus perante Sua afirmação: “Os judeus responderam, dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma obra boa, mas pela blasfêmia; porque, sendo tu homem, te fazes Deus a ti mesmo” (João 10:33). Os judeus compreenderam o que Jesus havia dito como uma afirmação em ser Deus. Nos versículos seguintes, Jesus jamais corrige os judeus dizendo: “Não afirmei ser Deus”. Isto indica que Jesus realmente estava dizendo que era Deus ao declarar: "Eu e o Pai somos um” (João 10:30). Outro exemplo é João 8:58, onde Jesus declarou: “Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, eu sou.” Mais uma vez, em resposta, os judeus tomaram pedras para atirar em Jesus (João 8:59). Ao anunciar Sua identidade como “Eu sou”, Jesus fez uma aplicação direta do nome de Deus no Velho Testamento (Êxodo 3:14). Por que os judeus, mais uma vez, se levantariam para apedrejar Jesus se Ele não tivesse dito algo que creram ser uma blasfêmia, ou seja, uma auto-afirmação em ser Deus?
João 1:1 diz que “o Verbo era Deus”. João 1:14 diz que “o Verbo se fez carne”. Isto mostra claramente que Jesus é Deus em carne. Tomé, o discípulo, declarou a Jesus: “Senhor meu, e Deus meu!” (João 20:28). Jesus não o corrige. O Apóstolo Paulo O descreve como: “...grande Deus e nosso Senhor Jesus Cristo” (Tito 2:13). O Apóstolo Pedro diz o mesmo: “...nosso Deus e Salvador Jesus Cristo” (II Pedro 1:1). Deus o Pai também é testemunha da completa identidade de Jesus: “Mas, do Filho, diz: Ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino” (Hebreus 1:8). No Velho Testamento, as profecias a respeito de Cristo anunciam sua divindade: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” (Isaías 9:6).
Amado irmão, quem é Jesus para você? Pra mim Jesus é tudo: Meu Senhor e Deus, meu salvador e mestre, meu irmão e companheiro leal, meu conselheiro e amigo fiel, meu maior motivo de louvor. Por isso, eu o amo de todo meu coração e vivo para Ele. Que Deus nos ajude a amá-Lo com sinceridade e fidelidade. Um grande abraço de seu pastor e amigo de sempre.
Rev. Luiz Martins Cardoso.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Clip Oficial Thalles - Deus da Minha Vida

NÃO SE ACOSTUME!

Não se acostume!

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.

Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.

Se achar que precisa voltar, volte!

Se perceber que precisa seguir, siga!

Se estiver tudo errado, comece novamente. Se estiver tudo certo, continue.

Se sentir saudades, mate-a.

Se perder um amor, não se perca!

Se o achar, segure-o!



Fernando Pessoa

quinta-feira, 19 de maio de 2011

DEPOIMENTO DA PROFESSORA AMANDA GURGEL



Pensei em comentar este vídeo, mas ele fala por si só.

Ilton

ABUSO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

TEMA DA CAMPANHA: “ESQUECER É PERMITIR, LEMBRAR É COMBATER

Texto básico: “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente”(Rm. 12.2).
INTRODUÇÃO:
Há alguns anos, li uma crônica sobre uma tribo africana que era atribulada pelos ferozes ataques de um leão. Fizeram uma reunião para ver como solucionar aquele problema. Um dentre eles teve uma idéia: apagar de vez o nome Simba do vocabulário da tribo, o que foi aceito por todos em unanimidade.
Ninguém fala, escrevia ou sequer gesticulava algo a respeito do simba. Todos estavam felizes, mas somente até ao momento em que o infeliz leão resolvia rugir ou atacar.
Assim também procuramos agir em nossa comunidade. Dizemos pra nós mesmos: “O simba não existe!” até o momento em que somos surpreendidos pelos alarmantes rugidos da maldade.
“Esquecer é permitir, lembrar é combater”

Mas que Simbah é esse que temos de lutar? Na verdade é uma alcatéia inteira:

terça-feira, 10 de maio de 2011

O crime de Lady Gaga

LaFONTE: Revista Cult » O crime de Lady Gaga

Marcia Tiburi analisa o pós-feminismo pop de Lady Gaga

Publicado em 08 de maio de 2010
Lady Gaga: ninfa pós-feminista
Marcia Tiburi
Lady Gaga é o mais recente ídolo pop da cena internacional. Entenda-se por ídolo pop um indivíduo que encanta as massas com a habilidade artística de que é capaz sendo seu autor ou o mero representante de uma estética inventada por publicitários e estrategistas de produtos culturais. Nesse sentido, todo ídolo pop age como o flautista de Hamelin conduzindo por certo efeito de hipnose uma quantidade sempre impressionante de pessoas. Ele é também um guia estético e moral das massas. A propósito, entenda-se por massa um grupo de indivíduos que, ao se encontrar com outros, perde justamente a individualidade, tornando-se sujeito de sua própria dessubjetivação. Em outras palavras, ele é hipnotizado como se estranhamente desejasse sê-lo. A Indústria Cultural depende desse mecanismo, por meio do qual oferece ao indivíduo a oportunidade de se perder com a sensação de que está ganhando. O ídolo pop é a humana mercadoria que permite o gozo pelo logro que o espectador logrado aplica a si mesmo.

AS ZEBRAS DA SAFANA AFRICANA E AS OVELHAS DE CRISTO


Sou do tipo que sofre uma fascinação por bons documentários, especialmente os que tratam do comportamento no mundo animal. Já assisti vários deles sobre a savana africana e nesta semana meditei sobre zebras e leões, de como aquelas se organizam para se proteger, enquanto os leões, terríveis caçadores, também se organizam para apanhar suas presas.

Segundo pesquisadores, apesar de toda a fama que ostentam os ferozes leões, as zebras possuem uma tática muito eficaz a qual recorrem para sobreviver. Elas, por serem listradas, podem correm em bando, o que dificulta a vida do “rei da selva”, pois este não é capaz de distinguir um indivíduo dos demais quando correm juntos. Se fosse dado palavras a um leão numa circunstância dessas ele certamente diria: “Eita amigo, a coisa enzebrou! não consigo ver nada além de um monte de listras saltando na minha frente!”


terça-feira, 26 de abril de 2011

1º ACAMPAZ - FOI MUITO BOM E ESTAMOS ALEGRES

De coração agradecemos:
À Igreja Presbiteriana Ebenézer pelo sustento e investimento no Reino.
À irmã Celi agradecemos as palavras de apoio e a disposição.
À irmã Carminha agradecemos pela tranquilidade no serviço e pela conversa tão agradável.
Ao Pr. Messias pelos conselhos, orientações, serviço e humildade.`
Ao amigo Edmilson(cujos filhos são alunos da Escola Bíblica Moradas de Paz) pelo impressionante envolvimento e prestatividade(colancando seu carro à disposição, suas forças e suas orientações).
Ao colega Waldir(Dirinho), o Sr. Manoel e dona Dete e o Sr. Ludovico que nos foram tão gentis e prestativos cedendo-nos o sítio.
Ao amigo Thiago da Ice World Sorveteria pela contribuição concedendo-nos desconto na compra do sorvete.
Ao irmão José Alberto pela disposição de levar e trazer as crianças.
À minha esposa pelo apoio incansável.
Aos pais dos alunos por nos confiar seus filhos por um dia de retiro.
À cada criança que enfeitou o ACAMPAZ com suas brilhante presença.
Sobretudo e todos, agradecemos ao SENHOR JESUS que nos guardou, sustentou, moveu corações generosos e motivou nosso interior para realizar esse evento que marcou nossa missão aqui – Serví-lo sempre e de coração!

Que o Senhor os abençoe sempre!

Pedimos desculpas pela qualidade inferior das fotos. Ainda não temos câmera fotográfica e só podemos obter fotos de celular:

quarta-feira, 20 de abril de 2011

POR QUE INVESTIMOS NAS CRIANÇAS EM MORADA NOVA DE MINAS?

Escrevo este artigo pensando primeiramente nos pais de nossos alunos da Escola Bíblica Moradas de Paz. Estou certo de que algo deve ser dito acerca de nosso ministério aqui em Morada Nova de Minas para que você pai, mãe ou responsável pelas crianças que estudam na Escola Bíblica tenha em mente o valor que damos a cada uma delas.

Leia o texto bíblico:

“Naquela hora, aproximaram-se de Jesus os discípulos, perguntando: Quem é, porventura, o maior no reino dos céus?
E Jesus, chamando uma criança, colocou-a no meio deles.
E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus.
Portanto, aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus.
E quem receber uma criança, tal como esta, em meu nome, a mim me recebe”. (Mt.18.1-5).

Vamos então às respostas da pergunta em questão: Por que a Igreja Presbiteriana Moradas de Paz investe em crianças?

terça-feira, 19 de abril de 2011

CANTINHO DOS PROFESSORES - EBD: DEDOCHES

Sexta-Feira Santa

Humor Cristão: Feliz Páscoa para todos!

FW: Devocional do Mês: O Toque do Senhor



Abril 2011 

O Toque do Senhor (versão online)

Pastor John Piper 

 

"Também Saul se foi para sua casa, a Gibeá; e foi com ele uma tropa de homens cujo coração Deus tocara (I Samuel 10:26)."

 

Ler estas palavras tem me levado a orar por um novo toque de Deus. Que coisa maravilhosa é ser tocado por Deus, no coração! Não existe nada incomum a respeito da palavra hebraica usada neste versículo; ela significa apenas "tocar", no sentido comum. Deus tocou o coração daqueles homens.

 

O toque de Deus no coração de alguém é algo impressionante. É impressionante porque o coração é tão precioso para nós - tão profundo, tão íntimo, tão pessoal. Quando o coração é tocado, somos tocados profundamente. Alguém penetrou as camadas protetoras e chegou ao centro. Fomos conhecidos. Fomos descobertos e vistos.

 

O toque de Deus é impressionante porque Deus é Deus. Pense no que é dito neste versículo! Deus tocou aqueles homens. Não foi a esposa, nem um filho, nem o pai ou a mãe, nem um conselheiro. Foi Deus quem tocou. Aquele que tem infinito poder no universo. Aquele que tem infinita autoridade, sabedoria, amor, bondade, pureza e justiça. Foi Ele quem tocou o coração daqueles homens.

 

O toque de Deus é impressionante porque é um toque. É uma conexão verdadeira. O fato de que esse toque envolve o coração é impressionante. O fato de que esse toque envolve a Deus é admirável. E, por ser um toque real é maravilhoso. Os homens valentes não somente ouviram palavras sendo-lhes dirigidas. Não somente receberam uma influência divina. Não foram apenas vistos e conhecidos externamente. Deus, com infinita condescendência, tocou-lhes o coração. Deus estava bem próximo. E os homens não foram consumidos.

 

Amo esse toque. Desejo-o mais e mais. Desejo-o para mim mesmo e para todos os membros de nossa igreja. Rogo a Deus que toque em mim e em toda a sua igreja, de maneira nova e profunda, para a sua glória. O texto bíblico diz que eles eram uma tropa de homens - "e foi com ele uma tropa de homens cujo coração Deus tocara". A palavra hebraica traz consigo a idéia de força, coragem, substância. Oh! que os santos de Deus sejam valentes para o Senhor - corajosos, fortes e cheios de dignidade, beleza e verdade!

 

Orem comigo para que tenhamos esse toque. Se vier com fogo, que assim seja! Se vier com água, que assim também seja! Se vier com vento, faze-o vir, ó Deus! Se vier com trovões e relâmpagos, prostremo-nos ante esse toque. Ó Senhor, vem! Aproxima-te bastante, para tocar-nos. Envolve-nos com o amianto da tua graça. Penetra o profundo de nosso coração e toca-o. Queima, encharca, sopra, esmaga. Ou, usa uma voz suave e tranqüila. Não importa a maneira, vem. Vem e toca o nosso coração.


Compartilhe no Twitter, clique aqui!Encaminhe via email
Clique aqui e acesse a Área VIP.


Editora Fiel · Caixa Postal 1601 · Sao Jose dos Campos · Sao Paulo · 12230-990 · Brazil

Encaminhar mensagem

This email was forwarded to moradanovaempaz@hotmail.com, by Ilton.
Privacy Policy.
Email Marketing by
Constant Contact

sábado, 16 de abril de 2011

Sistema Operacional do Casamento

Sistema Operacional do Casamento 


(Não deixe de ler a resposta do técnico)



Prezado Técnico, 


Há um ano e meio troquei o programa [Noiva 1.0] pelo [Esposa 1.0] e verifiquei que o Programa gerou um aplicativo inesperado chamado [ Bebê.exe ] que ocupa muito espaço no HD. 

Por outro lado, o [Esposa1.0] se auto-instala em todos os outros programas e é carregado automaticamente assim que eu abro qualquer aplicativo. 

Aplicativos como [Cerveja_Com_A_Turma 0.3], [Noite_De_Farra 2.5] ou [Domingo_De_Futebol 2.8], não funcionam mais, e o sistema trava assim que eu tento carregá-los novamente. 

Além disso, de tempos em tempos um executável oculto (vírus) chamado [Sogra 1.0] aparece, encerrando Abruptamente a execução de um comando. 

Não consigo desinstalar este programa. Também não consigo diminuir o espaço ocupado pelo [Esposa 1.0] quando estou rodando meus aplicativos preferidos.   

Sem falar também que o programa [Sexo 5.1] sumiu do HD. 

Eu gostaria de voltar ao programa que eu usava antes, o [Noiva 1.0], mas o comando [Uninstall.exe] não funciona adequadamente. 

Poderia ajudar-me? Por favor!   

Ass: Usuário Arrependido
 


RESPOSTA: 


Prezado Usuário, 


Sua queixa é muito comum entre os usuários, mas é devido, na maioria das vezes, a um erro básico de conceito: muitos usuários migram de qualquer versão [Noiva 1.0] para [Esposa 1.0] com a falsa idéia de que se trata de um aplicativo de entretenimento e utilitário. 

Entretanto, o [Esposa 1.0] é muito mais do que isso: é um sistema operacional completo, criado para  controlar todo o sistema! 

É quase impossível desinstalar [Esposa 1.0] e voltar para uma versão [Noiva 1.0], porque há aplicativos criados pelo [Esposa 1.0], como o [Filhos.dll], que não poderiam ser deletados, também ocupam muito espaço, e não rodam sem o [Esposa 1.0]. 


É impossível desinstalar, deletar ou esvaziar os arquivos dos programas depois de instalados. Você não pode voltar ao [Noiva 1.0] porque [Esposa 1.0] não foi programado para isso.   

Alguns usuários tentaram formatar todo o sistema para em seguida instalar a [Noiva Plus] ou o [Esposa 2.0], mas passaram a ter mais problemas do que antes.
 

Leia os capítulos 'Cuidados Gerais' referente a ' Pensões Alimentícias' e ' Guarda das crianças' do software [CASAMENTO]. 

Uma das melhores soluções é o comando [DESCULPAR.EXE /flores/all] assim que aparecer o menor problema ou se travar o programa. Evite o uso excessivo da tecla [ESC] (escapar). 

Para melhorar a rentabilidade do [Esposa 1.0], aconselho o uso de [Flores 5.1], [Férias_No_Caribe 3.2] ou [Jóias 3.3]. 

Os resultados são bem interessantes! 


Mas nunca instale [Secretária_De_Minissaia 3.3], [Antiga_Namorada 2.6] ou [Turma_Do_Chopp 4.6 ], pois não funcionam depois de ter sido instalado o [Esposa 1.0] e podem causar problemas irreparáveis ao sistema.
 

Com relação ao programa [Sexo 5.1], esqueça! Esse roda quando quer. 


Se você tivesse procurado o suporte técnico antes de instalar o [ Esposa1.0] a orientação seria: NUNCA INSTALE O [ESPOSA 1.0] sem ter a certeza de que é capaz de usá-lo! 



Ass: Técnico


 

 

quinta-feira, 7 de abril de 2011

UM DIA TRISTE: O MASSACRE DE REALENGO




Recebo esta notícia com profunda tristeza, mas ainda não tão triste quanto certamente estão os parentes das vítimas de Realengo.
Há alguns meses atrás vi trechos de documentários sobre massacres em escolas nos EUA por psicopatas e fiquei pensando como a incidência desses atos ultrajantes poderia ser tão grande naquele país. Hoje, lendo sobre alguns comentários da notícia que abalou nossa gente, fica patente o medo da população de que isso se torne "moda" aqui no Brasil.
Estamos vendo a demonização da sociedade a passos largos e infelizmente o Brasil não está distante dessa invasão. A começar pelo espírito religioso até chegar nas coisas mais comuns do lar.
Agora, preste atenção num trecho da carta deixada pelo atirador:
"Primeiramente deverão saber que os impuros não poderão me tocar sem luvas, somente os castos ou os que perderam suas castidades após o casamento e não se envolveram em adultério poderão me tocar sem usar luvas, ou seja, nenhum fornicador ou adúltero poderá ter um contato direto comigo, nem nada que seja impuro poderá tocar em meu sangue, nenhum impuro pode ter contato direto com um virgem sem sua permissão, os que cuidarem de meu sepultamento deverão retirar toda a minha vestimenta, me banhar, me secar e me envolver totalmente despido em um lençol branco que está neste prédio, em uma bolsa que deixei na primeira sala do primeiro andar, após me envolverem neste lençol poderão me colocar em meu caixão. Se possível, quero ser sepultado ao lado da sepultura onde minha mãe dorme. Minha mãe se chama Dicéa Menezes de Oliveira e está sepultada no cemitério Murundu. Preciso de visita de um fiel seguidor de Deus em minha sepultura pelo menos uma vez, preciso que ele ore diante de minha sepultura pedindo o perdão de Deus pelo o que eu fiz rogando para que na sua vinda Jesus me desperte do sono da morte para a vida."

Vamos cuidar melhor de nossos filhos!
Vamos cuidar melhor de nossos lares, de nossa mente, de nosso próximo...
Vamos cuidar daquile que Deus nos deu!

Vamos ensinar uma vida sensata, em paz, semeando sempre a Verdade em amor.

Ilton
Morada Nova de Minas - em Paz.

YouTube - coração vazio.wmv


YouTube - coração vazio.wmv

Cristãos em defesa dos homossexuais

Ficou escandalizado com o título do artigo?

Pois muito mais escandalizados ficaram os detratores daquela mulher pega em flagrante adultério, quando desarmados pela pergunta de Jesus.
Que Deus é contrário ao adultério, não pode haver qualquer dúvida. Ele corrompe relações, destrói lares, e de quebra, destroça a alma. Jamais encontraremos Jesus dizendo uma só palavra em apoio a este tão danoso pecado. Entretanto, lá estava Ele, se entromentendo em questão alheia, em defesa de uma adúltera.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Renato Vargens: Pastor afirma que volta de Cristo se dará em 21 de maio de 2011

Ao longo da história inúmeras pessoas e diferentes grupos religiosos ousaram marcar a data da volta de Cristo: Adventistas, Testemunhas de Jeová, pastores, místicos, profetas e apóstolos da mentira apostaram todas as suas fichas em uma data específica para o retorno do Senhor Jesus e para o fim do mundo. Um dos exemplos mais conhecidos é o da ex-missionária e hoje “apóstola” Valnice Milhomens que marcou a vinda de Jesus para um sábado de 2007.

sábado, 2 de abril de 2011

AME SEU(S) FILHO(S), CUIDE DELE(S)!

Estamos presenciando a destruição das próximas gerações e nossos filhos são alvos fáceis nessa guerra. Precisamos ser pais que amam seus filhos, que os defenda deste demônio chamado consumismo.

Antes de assistir este documentário, lembre-se do que está escrito em Salmos 78:3-4: "O que ouvimos e aprendemos, o que nos contaram nossos pais, não o encobriremos a seus filhos; contaremos à vindoura geração os louvores do SENHOR, e o seu poder, e as maravilhas que fez". E responda a si mesmo a seguinte pergunta: "O que eu está ensinando seu filho?"















Provérbios 22:6 "Eduque a criança no caminho em que deve andar, e até o fim da vida não se desviará dele".

Deuteronômio 4:9 "Tão-somente guarda-te a ti mesmo e guarda bem a tua alma, que te não esqueças daquelas coisas que os teus olhos têm visto, e se não apartem do teu coração todos os dias da tua vida, e as farás saber a teus filhos e aos filhos de teus filhos".

Deuteronômio 6:7 "tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te".

Efésios 6:4 "E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor".

2 Timóteo 3:15 "desde a infância, sabes as sagradas letras, que podem tornar-te sábio para a salvação pela fé em Cristo Jesus".


Ilton

Morada Nova de Minas

Igreja Presbiteriana Moradas de Paz

segunda-feira, 28 de março de 2011

AS DUAS IGREJAS

Dizer que há apenas duas igrejas talvez pode deixá-lo intrigado, pois "igrejas", como a maioria esmagadora das pessoas entendem(um prédio onde se reunem um grupo de pessoas falando no nome de Deus), se multiplicam como bactérias, pelo menos aqui no Brasil.


Ouvi recentemente esta pergunta: “Qual é a igreja verdadeira?”. Embora esse tipo de pergunta venha diminuindo dramaticamente nos últimos anos devido à forte influência do relativismo, ainda há pessoas que ousam fazê-la, demonstrando sua preocupação pessoal com a questão.

quarta-feira, 9 de março de 2011

A DIVERSÃO QUE MATA!


Não fosse o Carnaval, os 16 jovens de Bandeira do Sul estariam vivos!
Internautas perguntam: “Pra que serve o Carnaval?” Já é hora de o nosso povo parar de ver essa festa como boa cultura e fonte de reais benefícios para o nosso povo e País.  
É da própria essência do Carnaval a liberação dos instintos destrutivos da natureza humana.
Por isso, tal festa ocasiona:
Mais promiscuidade sexual, e, assim, a proliferação da AIDS e outras doenças sexualmente transmissíveis.
Mais sexo irresponsável, gravidez indesejada e crianças sem o amor e cuidado que merecem...  
Mais alcoolismo, violência, estupros...
Mais assaltos, roubos, furtos, assassinatos...
Mais consumo de todas as DROGAS e o aumento de suas pavorosas desgraças...
Mais (doses altíssimas) de sensualidade, pornografia, erotismo, desvirtuando crianças, adolescentes, jovens...
Mais acidentes de Trânsito, famílias e corações despedaçados...
Mais ilusão de liberdade, felicidade e alegria para um povo oprimido, enganado pelo mal espiritual e os governantes regidos por ele...
Mais alienação, carência, pressão econômica, já que o ano “só começa depois do carnaval”...
Mais desperdício de dinheiro público que deveria ser aplicado no verdadeiro bem-estar do povo... 
Carnaval dá muito lucro para uma minoria que vende o que não presta: músicas pobres, bebidas alcoólicas, drogas, camisinhas...
E, pelo amor de Deus, não me diga que o Carnaval se justifica porque  “dá emprego para milhares de pessoas”. Isso é querer “tapar o sol com a peneira”.
É perfeitamente possível que os que “vivem” do Carnaval consigam trabalho e renda promovendo a Vida e o Bem!
Milhões de pessoas fazem isso!!
A sobrevivência financeira de alguns não se torna justa ou legítima quando o MEIO é a degradação, decadência e morte de toda uma sociedade. E é isso que o Carnaval faz com o POVO BRASILEIRO!
Digo de novo: Não fosse o Carnaval, os 16 jovens de Bandeira do Sul estariam vivos! E muitos outros também...
Você crê que Jesus Cristo, o Filho de Deus, ensinou só a Verdade? Eu estou absolutamente certo disso. Pois bem, foi Jesus quem disse que “O LADRÃO”, que é todo agente de destruição, incluindo o próprio Príncipe das Trevas, Satanás, “vem somente para roubar, matar e destruir”! O Carnaval patrocina todo instrumento de morte e destruição! Tenho certeza que é uma festa inspirada por aquele que Jesus chamou de “o Maligno”. Ela só serve aos propósitos dele! Com certeza, ele está por trás do “acidente” que ceifou as 16 vidas e dilacerou as famílias em Bandeira do Sul!
Carnaval mata! Mata em todos os sentidos! Também porque é arma poderosa nas mãos do autor da Morte.
  Meus queridos brasileiros, já é hora de escolherem a Vida! O Senhor dela disse: “..Eu vim para que tenham Vida e a tenham em Abundância”!
Vão me chamar de moralista, mas o que importa é que talvez alguns acordem e não continuem indo para o Matadouro!
Bem aventurados aqueles que tem sede e fome de Justiça, Vida, Alegria, Paz, Liberdade, Diversão que enriquece...porque serão fartos!



Roberto Evangelista de Almeida.
Bacharel em Teologia e Psicanálise Clínica.
pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

MENSAGEM PARA FORMANDOS EM PEDAGOGIA– No auditório da Escola Heloísa de Campos–Morada Nova de Minas–11/02/2011

sowTEMA: SEMEADORES DO BEM
TEXTO: Mateus 13:3.
Há muitos motivos para hoje ser uma noite de celebrações, uma delas é que vocês venceram, seus familiares e professores vencem com vocês e o que na Grécia antiga era serviço de alguns escravos, hoje, meritoriamente é reconhecida como uma profissão vital para o Sistema Educacional.
Estou aqui para abençoa-los como Deus me incumbiu e não posso fazê-lo sem refletir na pedagogia de Jesus:
Para isto, gostaria de meditar Mateus 13.3 quando Ele diz: “Eis que o semeador saiu a semear”.
Falando de si mesmo, o Mestre dos mestres resume sua prática pedagógica no ato de semear.
Semear parece ser algo simples demais para configurar uma teoria, mas é, ao meu modo de ver, o casamento da vida. O casamento da semente com a terra.
Se Ele andasse pelas ruas corporalmente como o fez a dois milênios, observaria nossos vizinhos plantando o milho nos quintais e lotes vagos nos finais de ano e em janeiro nos ensinaria preciosas lições desde o plantio do milho à pamonha que hoje é servida em nossas mesas.
Levar-nos-ia a pensar que terra é o nosso coração; solo rochoso, espinhoso, estéreo, fértil! Mover-nos-ia a refletir sobre a natureza da semente. Palavras são sementes, para morte ou para vida. instigar-nos-ia a “sair” a semear a boa semente; a não aceitar a inércia, mas sair a semear a Palavra da Vida.
Mas como é altamente recomendável que atentemos para as Leis da Semeadura.
Deixo aqui para vocês algumas leis da Semeadura da vida(adaptado da mensagem do Pr Jeremias Pereira):
1. Você pode escolher o que plantar, mas é obrigado a colher exatamente do que plantou.
2. Quem semeia vai colher.
3. Uma semeadura exponencial gera uma colheita exponencial.
4. O fruto é obrigatoriamente da mesma natureza da semente.
5. A colheita é sempre mais abundante do que a semeadura.
6. A boa semente é a que Deus te dá (a Palavra de Cristo).
7. Todo semeador precisa desenvolver a paciência.
Não se instala uma empresa e se torna um empresário bem sucedido em alguns meses.
Não se monta uma banda musical e se torna Top Musical, nas rádios, sites, youtube etc poucos meses.
Não se constrói uma casa da noite para o dia.
Não se forma uma família com um momento de prazer.
Não se cria um filho com nove meses de gestação, nem o educa levando-o ao pós-doutorado – é preciso comer muito sal juntos.
Seja um semeador do bem: semeie a verdade em amor e a paz como fruto da justiça. Semeei palavras e atitudes. Saia para semear! Semeie sempre!
























domingo, 6 de fevereiro de 2011

NOSSO AMOR POR MORADA NOVA DE MINAS

show_foto_peqFiquei perplexo ontem! Já se passaram 13 meses que estamos em Morada Nova de Minas e eu quase não percebi. É que estivemos tão envolvidos na disposição de abençoar nossa cidade que quase não notei o tempo.

Estou particularmente admirado com a nossa Igreja Presbiteriana Ebenézer. Desde que nos associamos neste trabalho, ela tem sido fiel à Deus e ao compromisso dela para conosco.

· Nunca deixou de orar por nós.

· Nunca se esquivou de nosso sustento.

· Nunca faltou uma palavra de apoio.

· Nunca faltou inspiração.

· Nunca faltou amor.

Não hesito afirmar que a Igreja Presbiteriana Ebenézer é um dos maiores exemplos de amor que Morada Nova de Minas já viu. Digo isto porque é uma Igreja que sustenta:

· uma família de Missionários;

· uma Escola Bíblica todos os domingos desde 08 de agosto de 2010;

· eventos dirigidos ao bem-estar espiritual, social e físico dos moradenses;

· envio de equipes de pessoas semeadoras da Paz com Deus e da Vida de Deus.

· reuniões com uma atenção especial ao crescimento na fé, na maturidade e na paz famíliar;

· com orações diárias de intercessão(tendo a cooperação de outros irmãos em outras cidades como Belo Horizonte, Montes Claros, Porteirinha, Pai Pedro e outras cidades);

· com a promoção da unidade de Igrejas Evangélicas;

· com o envolvimento pessoal com pessoas de todas as classes e credos e;

· com muitas outras incursões que ainda estão em andamento.

Isso tudo durante um ano sem exigir um centavo de qualquer moradense, sem esperar qualquer recompensa em troca, mas com o seguinte propósito:

· Mostrar o amor de Deus a Morada Nova de Minas.

· Levantar aqui um exército de pessoas que amam a Cristo e amem pessoas com o amor de Cristo.

· Que estes irmãos contribuam para a salvação e restauração da nossa gente em Morada Nova e que faça por outros o mesmo que a Igreja Presbiteriana Ebenézer tem feito por nós.

Entende porque afirmo que a Igreja Presbiteriana Ebenézer é um dos maiores exemplos de amor por Morada Nova de Minas?

Investimento desprendido, arrojado, sincero e sacrificial.

Esse é um dos motivos pelos quais permaneço servindo em nossa cidade, pois o amor jamais fica sem recompensa(Hebreus 6.10). Jamais! Jamais fica sem recompensa!

Estou certo que Deus transformará corações nesta cidade(Atos 18.10). Corações de pedra virão a ser de carne(Ezequiel 36.26). Uma multidão que hoje está a receber será transformada fonte para outras cidades e outros povos(Isaías 32.2) e então, habitaremos em uma cidade com lares em paz(Isaías 32.18).

Ilton&Alessandra

Morada Nova de Minas.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

J’ACUSE !!!

professorO texto que você tem abaixo eu o recebi por e-mail de uma amiga. E como é uma denúncia ao mal que a maioria de nós procura ignorar, julgo ser estremamente esclarecedor acerca da realidade que está aí.

Espero que esta carta possa ajudá-lo a visualizar melhor o problema para juntos desmontá-lo.

Ilton.

Morada Nova de Minas.

 

J’ACUSE !!! (Eu acuso !)

(Tributo ao professor Kássio Vinícius Castro Gomes)

« Mon devoir est de parler, je ne veux pas être complice. (Émile Zola)

Meu dever é falar, não quero ser cúmplice. (...) (Émile Zola)

Foi uma tragédia fartamente anunciada. Em milhares de casos, desrespeito. Em outros tantos, escárnio. Em Belo Horizonte, um estudante processa a escola e o professor que lhe deu notas baixas, alegando que teve danos morais ao ter que virar noites estudando para a prova subsequente. (Notem bem: o alegado “dano moral” do estudante foi ter que... estudar!).

A coisa não fica apenas por aí. Pelo Brasil afora, ameaças constantes. Ainda neste ano, uma professora brutalmente espancada por um aluno. O ápice desta escalada macabra não poderia ser outro.

O professor Kássio Vinícius Castro Gomes pagou com sua vida, com seu futuro, com o futuro de sua esposa e filhas, com as lágrimas eternas de sua mãe, pela irresponsabilidade que há muito vem tomando conta dos ambientes escolares.

Há uma lógica perversa por trás dessa asquerosa escalada. A promoção do desrespeito aos valores, ao bom senso, às regras de bem viver e à autoridade foi elevada a método de ensino e imperativo de convivência supostamente democrática.

No início, foi o maio de 68, em Paris: gritava-se nas ruas que “era proibido proibir”. Depois, a geração do “não bate, que traumatiza”. A coisa continuou: “Não reprove, que atrapalha”. Não dê provas difíceis, pois “temos que respeitar o perfil dos nossos alunos”. Aliás, “prova não prova nada”. Deixe o aluno “construir seu conhecimento.” Não vamos avaliar o aluno. Pensando bem, “é o aluno que vai avaliar o professor”. Afinal de contas, ele está pagando...

E como a estupidez humana não tem limite, a avacalhação geral epidêmica, travestida de “novo paradigma” (Irc!), prosseguiu a todo vapor, em vários setores: “o bandido é vítima da sociedade”, “temos que mudar ‘tudo isso que está aí’; “mais importante que ter conhecimento é ser ‘crítico’.”

Claro que a intelectualidade rasa de pedagogos de panfleto e burocratas carreiristas ganhou um imenso impulso com a mercantilização desabrida do ensino: agora, o discurso anti-disciplina é anabolizado pela lógica doentia e desonesta da paparicação ao aluno – cliente...

Estamos criando gerações em que uma parcela considerável de nossos cidadãos é composta de adultos mimados, despreparados para os problemas, decepções e desafios da vida, incapazes de lidar com conflitos e, pior, dotados de uma delirante certeza de que “o mundo lhes deve algo”.

Um desses jovens, revoltado com suas notas baixas, cravou uma faca com dezoito centímetros de lâmina, bem no coração de um professor. Tirou-lhe tudo o que tinha e tudo o que poderia vir a ter, sentir, amar.

Ao assassino, corretamente , deverão ser concedidos todos os direitos que a lei prevê: o direito ao tratamento humano, o direito à ampla defesa, o direito de não ser condenado em pena maior do que a prevista em lei. Tudo isso, e muito mais, fará parte do devido processo legal, que se iniciará com a denúncia, a ser apresentada pelo Ministério Público. A acusação penal ao autor do homicídio covarde virá do promotor de justiça. Mas, com a licença devida ao célebre texto de Emile Zola, EU ACUSO tantos outros que estão por trás do cabo da faca:

EU ACUSO a pedagogia ideologizada, que pretende relativizar tudo e todos, equiparando certo ao errado e vice-versa;

EU ACUSO os pseudo-intelectuais de panfleto, que romantizam a “revolta dos oprimidos”e justificam a violência por parte daqueles que se sentem vítimas;

EU ACUSO os burocratas da educação e suas cartilhas do politicamente correto, que impedem a escola de constar faltas graves no histórico escolar, mesmo de alunos criminosos, deixando-os livres para tumultuar e cometer crimes em outras escolas;

EU ACUSO a hipocrisia de exigir professores com mestrado e doutorado, muitos dos quais, no dia a dia, serão pressionados a dar provas bem tranqüilas, provas de mentirinha, para “adequar a avaliação ao perfil dos alunos”;

EU ACUSO os últimos tantos Ministros da Educação, que em nome de estatísticas hipócritas e interesses privados, permitiram a proliferação de cursos superiores completamente sem condições, freqüentados por alunos igualmente sem condições de ali estar;

EU ACUSO a mercantilização cretina do ensino, a venda de diplomas e títulos sem o mínimo de interesse e de responsabilidade com o conteúdo e formação dos alunos, bem como de suas futuras missões na sociedade;

EU ACUSO a lógica doentia e hipócrita do aluno-cliente, cada vez menos exigido e cada vez mais paparicado e enganado, o qual, finge que não sabe que, para a escola que lhe paparica, seu boleto hoje vale muito mais do que seu sucesso e sua felicidade amanhã;

EU ACUSO a hipocrisia das escolas que jamais reprovam seus alunos, as quais formam analfabetos funcionais só para maquiar estatísticas do IDH e dizer ao mundo que o número de alunos com segundo grau completo cresceu “tantos por cento”;

EU ACUSO os que aplaudem tais escolas e ainda trabalham pela massificação do ensino superior, sem entender que o aluno que ali chega deve ter o mínimo de preparo civilizacional, intelectual e moral, pois estamos chegando ao tempo no qual o aluno “terá direito” de se tornar médico ou advogado sem sequer saber escrever, tudo para o desespero de seus futuros clientes-cobaia;

EU ACUSO os que agora falam em promover um “novo paradigma”, uma “ nova cultura de paz”, pois o que se deve promover é a boa e VELHA cultura da “vergonha na cara”, do respeito às normas, à autoridade e do respeito ao ambiente universitário como um ambiente de busca do conhecimento;

EU ACUSO os “cabeça – boa” que acham e ensinam que disciplina é “careta”, que respeito às normas é coisa de velho decrépito,

EU ACUSO os métodos de avaliação de professores, que se tornaram templos de vendilhões, nos quais votos são comprados e vendidos em troca de piadinhas, sorrisos e notas fáceis;

EU ACUSO os alunos que protestam contra a impunidade dos políticos, mas gabam-se de colar nas provas, assim como ACUSO os professores que, vendo tais alunos colarem, não têm coragem de aplicar a devida punição.

EU VEEMENTEMENTE ACUSO os diretores e coordenadores que impedem os professores de punir os alunos que colam, ou pretendem que os professores sejam “promoters” de seus cursos;

EU ACUSO os diretores e coordenadores que toleram condutas desrespeitosas de alunos contra professores e funcionários, pois sua omissão quanto aos pequenos incidentes é diretamente responsável pela ocorrência dos incidentes maiores;

Uma multidão de filhos tiranos que se tornam alunos -clientes, serão despejados na vida como adultos eternamente infantilizados e totalmente despreparados, tanto tecnicamente para o exercício da profissão, quanto pessoalmente para os conflitos, desafios e decepções do dia a dia.

Ensimesmados em seus delírios de perseguição ou de grandeza, estes jovens mostram cada vez menos preparo na delicada e essencial arte que é lidar com aquele ser complexo e imprevisível que podemos chamar de “o outro”.

A infantilização eterna cria a seguinte e horrenda lógica, hoje na cabeça de muitas crianças em corpo de adulto: “Se eu tiro nota baixa, a culpa é do professor. Se não tenho dinheiro, a culpa é do patrão. Se me drogo, a culpa é dos meus pais. Se furto, roubo, mato, a culpa é do sistema. Eu, sou apenas uma vítima. Uma eterna vítima. O opressor é você, que trabalha, paga suas contas em dia e vive sua vida. Minhas coisas não saíram como eu queria. Estou com muita raiva. Quando eu era criança, eu batia os pés no chão. Mas agora, fisicamente, eu cresci. Portanto, você pode ser o próximo.”

Qualquer um de nós pode ser o próximo, por qualquer motivo. Em qualquer lugar, dentro ou fora das escolas. A facada ignóbil no professor Kássio dói no peito de todos nós. Que a sua morte não seja em vão. É hora de repensarmos a educação brasileira e abrirmos mão dos modismos e invencionices. A melhor “nova cultura de paz” que podemos adotar nas escolas e universidades é fazermos as pazes com os bons e velhos conceitos de seriedade, responsabilidade, disciplina e estudo de verdade.

Igor Pantuzza Wildmann

Advogado – Doutor em Direito. Professor universitário.