Pular para o conteúdo principal

Coração milagroso

UM ANO COM O NOVO TESTAMENTO E COM OS SALMOS
Leitura de hoje: Marcos Cap. 08.

1  Naqueles dias, quando outra vez se reuniu grande multidão, e não tendo eles o que comer, chamou Jesus os discípulos e lhes disse:
2  Tenho compaixão desta gente, porque há três dias que permanecem comigo e não têm o que comer.
3  Se eu os despedir para suas casas, em jejum, desfalecerão pelo caminho; e alguns deles vieram de longe.
4  Mas os seus discípulos lhe responderam: Donde poderá alguém fartá-los de pão neste deserto?
5  E Jesus lhes perguntou: Quantos pães tendes? Responderam eles: Sete.
6  Ordenou ao povo que se assentasse no chão. E, tomando os sete pães, partiu-os, após ter dado graças, e os deu a seus discípulos, para que estes os distribuíssem, repartindo entre o povo.
7  Tinham também alguns peixinhos; e, abençoando-os, mandou que estes igualmente fossem distribuídos.
8  Comeram e se fartaram; e dos pedaços restantes recolheram sete cestos.
9  Eram cerca de quatro mil homens. Então, Jesus os despediu.
10  Logo a seguir, tendo embarcado juntamente com seus discípulos, partiu para as regiões de Dalmanuta.
11  E, saindo os fariseus, puseram-se a discutir com ele; e, tentando-o, pediram-lhe um sinal do céu.
12  Jesus, porém, arrancou do íntimo do seu espírito um gemido e disse: Por que pede esta geração um sinal? Em verdade vos digo que a esta geração não se lhe dará sinal algum.
13  E, deixando-os, tornou a embarcar e foi para o outro lado.
14  Ora, aconteceu que eles se esqueceram de levar pães e, no barco, não tinham consigo senão um só.
15  Preveniu-os Jesus, dizendo: Vede, guardai-vos do fermento dos fariseus e do fermento de Herodes.
16  E eles discorriam entre si: É que não temos pão.
17  Jesus, percebendo-o, lhes perguntou: Por que discorreis sobre o não terdes pão? Ainda não considerastes, nem compreendestes? Tendes o coração endurecido?
18  Tendo olhos, não vedes? E, tendo ouvidos, não ouvis? Não vos lembrais
19  de quando parti os cinco pães para os cinco mil, quantos cestos cheios de pedaços recolhestes? Responderam eles: Doze!
20  E de quando parti os sete pães para os quatro mil, quantos cestos cheios de pedaços recolhestes? Responderam: Sete!
21  Ao que lhes disse Jesus: Não compreendeis ainda?
22  Então, chegaram a Betsaida; e lhe trouxeram um cego, rogando-lhe que o tocasse.
23  Jesus, tomando o cego pela mão, levou-o para fora da aldeia e, aplicando-lhe saliva aos olhos e impondo-lhe as mãos, perguntou-lhe: Vês alguma coisa?
24  Este, recobrando a vista, respondeu: Vejo os homens, porque como árvores os vejo, andando.
25  Então, novamente lhe pôs as mãos nos olhos, e ele, passando a ver claramente, ficou restabelecido; e tudo distinguia de modo perfeito.
26  E mandou-o Jesus embora para casa, recomendando-lhe: Não entres na aldeia.
27  Então, Jesus e os seus discípulos partiram para as aldeias de Cesaréia de Filipe; e, no caminho, perguntou-lhes: Quem dizem os homens que sou eu?
28  E responderam: João Batista; outros: Elias; mas outros: Algum dos profetas.
29  Então, lhes perguntou: Mas vós, quem dizeis que eu sou? Respondendo, Pedro lhe disse: Tu és o Cristo.
30  Advertiu-os Jesus de que a ninguém dissessem tal coisa a seu respeito.
31  Então, começou ele a ensinar-lhes que era necessário que o Filho do Homem sofresse muitas coisas, fosse rejeitado pelos anciãos, pelos principais sacerdotes e pelos escribas, fosse morto e que, depois de três dias, ressuscitasse.
32  E isto ele expunha claramente. Mas Pedro, chamando-o à parte, começou a reprová-lo.
33  Jesus, porém, voltou-se e, fitando os seus discípulos, repreendeu a Pedro e disse: Arreda, Satanás! Porque não cogitas das coisas de Deus, e sim das dos homens.
34  Então, convocando a multidão e juntamente os seus discípulos, disse-lhes: Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me.
35  Quem quiser, pois, salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por causa de mim e do evangelho salvá-la-á.
36  Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?
37  Que daria um homem em troca de sua alma?
38  Porque qualquer que, nesta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do Homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos.
Quarta-feira, 20 de março de 2013
 DESTAQUE:
E, tomando os sete pães, partiu-os, após ter dado graças, e os deu a seus discípulos, para que estes os distribuíssem, repartindo entre o povo.
(Mc 8:6)

Podemos ser um milagre ao invés de um ser sem alma.
Não é necessário grandes performances. Na verdade, pouco é suficiente para sermos uma maravilha num mundo sem vida. Nem é necessário muita sofisticação, mas apenas duas atitudes simples: GRATIDÃO e PARTILHA.
Esse é o verdadeiro caminho de milagres. Começa no coração.
Nosso Senhor, que não necessitada ser simples e modesto em suas palavras, na hora de orar e fazer um dos milagres que mais se tornaria conhecido no mundo, disse apenas palavras de gratidão pelos poucos “recursos” que dispunha e repartiu-os.
Mas aquele que é fiel no pouco sobre o muito será posto.
E assim alimentou uma multidão de 4.000 homens, fora mulheres e crianças, com apenas 7 pães.
Pense nisto!

Tenha um bom dia em nome de Jesus!
M. Ilton.







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGEM PARA FORMANDOS EM PEDAGOGIA– No auditório da Escola Heloísa de Campos–Morada Nova de Minas–11/02/2011

TEMA: SEMEADORES DO BEM
TEXTO: Mateus 13:3.
Há muitos motivos para hoje ser uma noite de celebrações, uma delas é que vocês venceram, seus familiares e professores vencem com vocês e o que na Grécia antiga era serviço de alguns escravos, hoje, meritoriamente é reconhecida como uma profissão vital para o Sistema Educacional.
Estou aqui para abençoa-los como Deus me incumbiu e não posso fazê-lo sem refletir na pedagogia de Jesus:
Para isto, gostaria de meditar Mateus 13.3 quando Ele diz: “Eis que o semeador saiu a semear”.
Falando de si mesmo, o Mestre dos mestres resume sua prática pedagógica no ato de semear.
Semear parece ser algo simples demais para configurar uma teoria, mas é, ao meu modo de ver, o casamento da vida. O casamento da semente com a terra.
Se Ele andasse pelas ruas corporalmente como o fez a dois milênios, observaria nossos vizinhos plantando o milho nos quintais e lotes vagos nos finais de ano e em janeiro nos ensinaria preciosas lições desde o plantio do mil…

Fortalece

Bíblia em Texto e ÁudioTV PresbiterianaPrograma Verdade e VidaBlog LEITURA BÍBLICA de segunda-feira, 29 de abril de 2013 DESTAQUE: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos peneirar como trigo;mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, fortalece teus irmãos”. (Lc. 22.32).

Este é um dos mais marcantes episódios na vida de Pedro, pois mesmo quando o apóstolo estava sob a obscurecente sombra da autossuficiência, nosso Senhor Jesus roga por ele para que satanás não viesse a peneira-lo como trigo. A verdade é que todos nós seríamos restolho na peneira, destinados à destruição, ao fogo, se Jesus não intercedesse por nós. Jesus, no entanto, não apenas intercede por nós, mas nos comissiona dizendo: “...e tu, quando te converteres, fortalece teus irmãos”. Este é um chamado claro: Fortalecer os irmãos. Escolha fortalecer os irmãos hoje. Escolha abençoar alguém na fé em Cristo esta semana! Pense nisto! Tenha um bom fim de semana em nome de Jesus! M. Ilton.