Pular para o conteúdo principal

Todos



 Bíblia em Texto e Áudio          TV Presbiteriana          Programa Verdade e Vida         Blog
LEITURA BÍBLICA de terça-feira, 16 de abril de 2013
 DESTAQUE:
Ou cuidais que aqueles dezoito sobre os quais desabou a torre de Siloé e os matou eram mais culpados que todos os outros habitantes de Jerusalém? Não eram, eu vo-lo afirmo; mas, se não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis”.(Lc. 13.4-5).
Algumas pessoas acreditam que tragédias acontecem como castigo de Deus sobre pessoas que, por algum motivo, são mais pecadoras que outras. Não é incomum a gente encontrar pessoas que assim pensam.
Estavam próximo a Jesus alguns que pensavam desta forma(v.1). Jesus imediatamente corrige este grave engano. Ele faz uma afirmação séria: “...se não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis”(grifos meus). Com exceção de Jesus, não há sequer um ser humano em toda história e em toda terra que não necessite de arrependimento, pois todos nós somos pecadores.
As tragédias não diferenciam os homens diante de Deus. O arrependimento, sim.
Pense nisto!
Tenha um bom dia em nome de Jesus!
M. Ilton.
LEIA O CAPÍTULO INTEIRO: Lucas 13


1 ¶ Naquela mesma ocasião, chegando alguns, falavam a Jesus a respeito dos galileus cujo sangue Pilatos misturara com os sacrifícios que os mesmos realizavam.
2  Ele, porém, lhes disse: Pensais que esses galileus eram mais pecadores do que todos os outros galileus, por terem padecido estas coisas?
3  Não eram, eu vo-lo afirmo; se, porém, não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis.
4  Ou cuidais que aqueles dezoito sobre os quais desabou a torre de Siloé e os matou eram mais culpados que todos os outros habitantes de Jerusalém?
5  Não eram, eu vo-lo afirmo; mas, se não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis.
6 ¶ Então, Jesus proferiu a seguinte parábola: Certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha e, vindo procurar fruto nela, não achou.
7  Pelo que disse ao viticultor: Há três anos venho procurar fruto nesta figueira e não acho; podes cortá-la; para que está ela ainda ocupando inutilmente a terra?
8  Ele, porém, respondeu: Senhor, deixa-a ainda este ano, até que eu escave ao redor dela e lhe ponha estrume.
9  Se vier a dar fruto, bem está; se não, mandarás cortá-la.
10 ¶ Ora, ensinava Jesus no sábado numa das sinagogas.
11  E veio ali uma mulher possessa de um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; andava ela encurvada, sem de modo algum poder endireitar-se.
12  Vendo-a Jesus, chamou-a e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade;
13  e, impondo-lhe as mãos, ela imediatamente se endireitou e dava glória a Deus.
14  O chefe da sinagoga, indignado de ver que Jesus curava no sábado, disse à multidão: Seis dias há em que se deve trabalhar; vinde, pois, nesses dias para serdes curados e não no sábado.
15  Disse-lhe, porém, o Senhor: Hipócritas, cada um de vós não desprende da manjedoura, no sábado, o seu boi ou o seu jumento, para levá-lo a beber?
16  Por que motivo não se devia livrar deste cativeiro, em dia de sábado, esta filha de Abraão, a quem Satanás trazia presa há dezoito anos?
17  Tendo ele dito estas palavras, todos os seus adversários se envergonharam. Entretanto, o povo se alegrava por todos os gloriosos feitos que Jesus realizava.
18 ¶ E dizia: A que é semelhante o reino de Deus, e a que o compararei?
19  É semelhante a um grão de mostarda que um homem plantou na sua horta; e cresceu e fez-se árvore; e as aves do céu aninharam-se nos seus ramos.
20  Disse mais: A que compararei o reino de Deus?
21  É semelhante ao fermento que uma mulher tomou e escondeu em três medidas de farinha, até ficar tudo levedado.
22  Passava Jesus por cidades e aldeias, ensinando e caminhando para Jerusalém.
23 ¶ E alguém lhe perguntou: Senhor, são poucos os que são salvos?
24  Respondeu-lhes: Esforçai-vos por entrar pela porta estreita, pois eu vos digo que muitos procurarão entrar e não poderão.
25  Quando o dono da casa se tiver levantado e fechado a porta, e vós, do lado de fora, começardes a bater, dizendo: Senhor, abre-nos a porta, ele vos responderá: Não sei donde sois.
26  Então, direis: Comíamos e bebíamos na tua presença, e ensinavas em nossas ruas.
27  Mas ele vos dirá: Não sei donde vós sois; apartai-vos de mim, vós todos os que praticais iniqüidades.
28  Ali haverá choro e ranger de dentes, quando virdes, no reino de Deus, Abraão, Isaque, Jacó e todos os profetas, mas vós, lançados fora.
29  Muitos virão do Oriente e do Ocidente, do Norte e do Sul e tomarão lugares à mesa no reino de Deus.
30  Contudo, há últimos que virão a ser primeiros, e primeiros que serão últimos.
31 ¶ Naquela mesma hora, alguns fariseus vieram para dizer-lhe: Retira-te e vai-te daqui, porque Herodes quer matar-te.
32  Ele, porém, lhes respondeu: Ide dizer a essa raposa que, hoje e amanhã, expulso demônios e curo enfermos e, no terceiro dia, terminarei.
33  Importa, contudo, caminhar hoje, amanhã e depois, porque não se espera que um profeta morra fora de Jerusalém.
34  Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes quis eu reunir teus filhos como a galinha ajunta os do seu próprio ninho debaixo das asas, e vós não o quisestes!
35  Eis que a vossa casa vos ficará deserta. E em verdade vos digo que não mais me vereis até que venhais a dizer: Bendito o que vem em nome do Senhor!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

MENSAGEM PARA FORMANDOS EM PEDAGOGIA– No auditório da Escola Heloísa de Campos–Morada Nova de Minas–11/02/2011

TEMA: SEMEADORES DO BEM
TEXTO: Mateus 13:3.
Há muitos motivos para hoje ser uma noite de celebrações, uma delas é que vocês venceram, seus familiares e professores vencem com vocês e o que na Grécia antiga era serviço de alguns escravos, hoje, meritoriamente é reconhecida como uma profissão vital para o Sistema Educacional.
Estou aqui para abençoa-los como Deus me incumbiu e não posso fazê-lo sem refletir na pedagogia de Jesus:
Para isto, gostaria de meditar Mateus 13.3 quando Ele diz: “Eis que o semeador saiu a semear”.
Falando de si mesmo, o Mestre dos mestres resume sua prática pedagógica no ato de semear.
Semear parece ser algo simples demais para configurar uma teoria, mas é, ao meu modo de ver, o casamento da vida. O casamento da semente com a terra.
Se Ele andasse pelas ruas corporalmente como o fez a dois milênios, observaria nossos vizinhos plantando o milho nos quintais e lotes vagos nos finais de ano e em janeiro nos ensinaria preciosas lições desde o plantio do mil…

Fortalece

Bíblia em Texto e ÁudioTV PresbiterianaPrograma Verdade e VidaBlog LEITURA BÍBLICA de segunda-feira, 29 de abril de 2013 DESTAQUE: “Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos peneirar como trigo;mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, fortalece teus irmãos”. (Lc. 22.32).

Este é um dos mais marcantes episódios na vida de Pedro, pois mesmo quando o apóstolo estava sob a obscurecente sombra da autossuficiência, nosso Senhor Jesus roga por ele para que satanás não viesse a peneira-lo como trigo. A verdade é que todos nós seríamos restolho na peneira, destinados à destruição, ao fogo, se Jesus não intercedesse por nós. Jesus, no entanto, não apenas intercede por nós, mas nos comissiona dizendo: “...e tu, quando te converteres, fortalece teus irmãos”. Este é um chamado claro: Fortalecer os irmãos. Escolha fortalecer os irmãos hoje. Escolha abençoar alguém na fé em Cristo esta semana! Pense nisto! Tenha um bom fim de semana em nome de Jesus! M. Ilton. …